Ji-Paraná (Ro), 20 de abril de 2019 - 05:41

Economia

15/02/2019 23:00

EM RONDÔNIA, OU VOCÊ PAGA A ENERGIA OU COME, OS DOIS NÃO DÁ!

No final da tarde desta sexta-feira (15), cerca de mil pessoas se reuniram frente a sede da 'ENERGISA" no Centro da cidade de Ji-Paraná, para protestar contra o aumento abusivo na conta de energia.

Nas residências e comércios do estado, a correção foi de 24,75%. Já a energia de alta tensão sofreu um aumento de 27,12%.

Segundo a ENERGISA, o aumento é resultado do gasto com a geração de energia e com o pagamento de dívidas acumuladas com a compra de energia nos últimos dois anos.

Pessoas de todos os bairros da cidade compareceram para protestar, algumas pessoas relataram que suas contas passaram de 120,00 para 180,00 reais, uma empresária que estava no local relatou que sua conta sofreu um aumento de 40%, ou seja acima do anunciado.

Pais de família revoltados, disseram, ou agora pagamos energia, ou compramos alimentos ou remédios. Pessoas questionavam a todo tempo; Rondônia possui três hidrelétricas, e "pagamos a energia mais cara do Brasil".

As manifestações aconteceram quase em todas a cidade do Estado de Rondônia, e populares ameaçam tomar os prédios da empresa e fechar ruas,  caso a energia não volte ao preço anterior.

Cerca de três vereadores compareceram no local do protesto para apoiar a população, os outros 14 não foram vistos.

 

 

Fonte: rondoniatual.com - Jean Lemos

 


 

Copyright © - 2019 AgitoFest – todos os direitos reservados

Fale com a gente

agitofest@agitofest.com.br

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo